Páteo de S. Miguel

dezembro 2003

Autor: Susana Pastor Ferrão Mendes

 

 

O conjunto arquitetónico do Páteo de São Miguel inclui o Paço dos Condes de Basto, o Arquivo e Biblioteca Eugénio de Almeida, o Museu de Carruagens e a Ermida de S. Miguel, sendo ainda a sede da Fundação Eugénio de Almeida.Pelo seu valor histórico e arquitetónico, o Paço foi classificado como Monumento Nacional em 1922. Também a Ermida de São Miguel, tal como a Escada e o Varandim de um edifício do casario adjacente ao Paço, estão cadastrados como Imóveis de Interesse Público.A história deste lugar é antiquíssima e fértil, identificando-se com a história de Évora e de Portugal. D. Afonso Henriques cedeu –o à Ordem Militar de S. Bento de Calatrava e ali se deram episódios dramáticos da História Portuguesa e se alojaram, durante séculos, figuras que nela tiveram um protagonismo determinante: desde a prisão do Infante D. João, Mestre de Avis, passando pelos encontros amorosos entre a Rainha D. Leonor Teles e o Conde Andeiro, até ao assalto à fortaleza presidiada pelo Alcaide Álvares Mendes de Oliveira. Nele habitou Nuno Álvares Pereira, fronteiro-mor do Alentejo. A transformação de casa fortificada em palácio urbano no século XVI deveu-se a D. Diogo de Castro. Destacam-se, no interior, os frescos que revestem completamente as abóbadas de três salas do piso térreo - encomendados por D. Diogo ao conhecido pintor Francisco de Campos.

Partilhar conteúdo: