Programa de Empreendedorismo nas Escolas

Programa de Empreendedorismo nas Escolas promovida pela Fundação Eugénio de Almeida premeia 3 projetos de jovens alunos

Duas iniciativas na área da informação e promoção de saúde, uma sobre valorização da gastronomia regional e uma quarta na proteção dos animais foram os Projetos Vencedores desta segunda edição do Programa Empreendedorismo Jovem nas Escolas.

Esta Programa, promovido pela área Social da Fundação Eugénio de Almeida em parceria com o NERE, desenvolve competências empreendedoras e de comunicação junto dos alunos das escolas secundárias do concelho de Évora, tendo nesta edição participado cerca de 120 alunos pertencentes à Escola Profissional da Região Alentejo – EPRAL, Escola Secundária Severim de Faria e alunos do Centro de Emprego e Formação Profissional de Évora.

Após 4 meses de trabalho acompanhado por técnicos da FEA e do NERE, os alunos apresentaram no passado dia 18 de abril, no Centro de Reuniões da Fundação Eugénio de Almeida, as suas ideias e projetos para responder às necessidades do nosso território e comunidade. Os 27 projetos apresentados a concurso foram avaliados pelo Júri composto por Henrique Sim-Sim (FEA), Paula Paulino (NERE), Jaime Serra (UE), Mariana Candeias (ACE) e Francisco Moio (Grupo BNI Évora).

Os projetos vencedores foram o “InfoSaúde”, de Inês Marreiros, Inês Fialho, Luís Severino, Pedro Pinheiro, Solange Nunes e Vasco Fialho, um projeto que aposta na criação de uma aplicação que proporcione informações através de notificações, em tempo real, acerca de um paciente à sua família, de modo a deixá-la a par da situação e tranquilizá-la; o “Choose Life”, de Beatriz Durão, Hugo Zambujinho, Luís Águas e Sara Mendes, que consiste num projeto piloto, a ser desenvolvido no Centro de Formação, em que pretende criar uma plataforma, onde se podem recolher dados relativos a problemas mentais e psicológicos e, consequentemente, conhecer a população utente do Centro e tratar os mesmos problemas, sempre de forma anónima, para que quem utiliza a plataforma o faça sem qualquer restrição; o projeto “Alentejo Food”, de Ana Pinto, Beatriz Cabaço, Jorge Fialho e Margarida Amaro que tem como objetivo criar um restaurante de comida tradicional Alentejana com uma ementa distinta que inclui todas as experiências gastronómicas em que a sala das refeições terá um espaço que representa o típico  monte alentejano em que as janelas serão ecrãs que permitam ao cliente visualizar várias informações em 3D  e de forma interativa.

Para além destes projetos, o “PetStop” mereceu uma Menção Honrosa. Elaborado por Ana Margarida Aldeano, Francisco Cabral, Gonçalo Matos, Maria Raimundo, Max Barbosa e Tiago Coelho, este projeto consiste na criação de um contentor que possibilite a recolha de brinquedos e outros objetos direcionados a animais de estimação; disponibilize sacos para dejetos de animais; onde os animais possam beber água e onde as pessoas poderão receber informações em relação aos animais de estimação.

Os membros destas equipas vão receber o prémio da FEA que consiste numa viagem ao Ecossistema Empreendedor de Lisboa, mostrando assim aos jovens novas realidades e inspirando para uma atitude empreendedora. 

A abertura deste Encontro ficou a cargo de Maria do Céu Ramos, Secretária Geral da Fundação Eugénio de Almeida, e de Vítor Barbosa, Presidente da Direção do Núcleo Empresarial da Região de Évora.

Este programa encontra-se integrado num plano mais alargado de promoção do empreendedorismo social que a Fundação Eugénio de Almeida tem vindo a desenvolver, e é financiado pelo Programa CLDS VIDAS ATIVAS 3G no qual a Fundação é Entidade Executora para os eixos 1 e 3. 

    

     

   

 

Partilhar conteúdo: