Entrepreneurs supported by Fundação Eugénio de Almeida #9

"O facto de sermos hoje uma das entidades incubadas no Centro de Inovação Social da Fundação Eugénio de Almeida é o reconhecimento do nosso trabalho, da inovação da nossa metodologia, por uma entidade de referência ao nível educativo e social".

Luis Nuno Barrigoto
 
De que consta o seu projeto, qual o impacto esperado e que resultados já podem apresentar?
Em 2015 quando criámos a A.XAT em Montemor-o-Novo o nosso objetivo era desenvolver projetos para atuar nas questões da neuroplasticidade e reservas cognitivas, aspetos mais relacionados com a psicologia do que propriamente com a parte desportiva.
Como não conseguimos na altura reunir condições em termos de parcerias para os desenvolver, optámos por criar uma equipa de competição no Alentejo, reflexo do magnifico trabalho desenvolvido conquistámos os títulos de Campeão Nacional de semi-rápidas (2017/2018), Campeão Nacional da 1ª Divisão e Taça de Portugal (2018/2019) e Super Taça (2019/2020), e jogadores da nossa equipa representaram as seleções nacionais de Portugal e Espanha.

O Plano Xadrez e Memória… é pensado nesta base, é um projeto desenvolvido em parceria com Câmara Municipal de Montemor-o-Novo e o Agrupamento de Escolas de Montemor-o-Novo, inserido num Programa de Combate ao Insucesso Escolar, englobando várias vertentes.

A mais inovadora, é a vertente de inclusão de crianças com necessidades educativas especiais, onde é utilizado o Xadrez como ferramenta terapêutica em crianças com diagnóstico de PHDA (Perturbação de Hiperatividade / Défice de Atenção), PEA (Perturbações do Espectro do Autismo (incluindo Síndrome de Asperger), e alunos com dificuldades de aprendizagem.

Desenvolvemos um Programa de Xadrez Terapêutico e de Apoio Psicopedagógico, único em Portugal, onde desenvolvemos competências como: atenção, concentração, memória, paciência, persistência, intuição, determinação, motivação, regras, desportivismo, relação social, alteração de rotinas, bem como competências de análise e de tomada de decisão, sempre utilizando o Xadrez como Ferramenta Terapêutica.

Os resultados que temos são o feedback dos professores sobre a diferença (para melhor) dos comportamentos observados nos alunos, mas os mais importantes para nós são os referidos pelas famílias destes alunos, quando verbalizam que os seus filhos são hoje crianças mais autónomos, mais integrados na sociedade, com melhores resultados escolares, com mais “armas” para enfrentar o seu dia a dia.

Em 2019 colocámos esta metodologia acessível a famílias fora do concelho de Montemor-o-Novo, estabelecendo um Protocolo com a CLIMOR – Centro Clínico de Montemor-o-Novo, onde disponibilizamos sessões de Xadrez Terapêutico para crianças, jovens e adultos com diagnóstico de PEA e PHDA.
 
Em que medida foi importante a formação/apoio/contacto/outro do CENTRO DE INOVAÇÃO SOCIAL da Fundação Eugénio de Almeida?
O facto de sermos hoje uma das entidades incubadas no Centro de Inovação Social da Fundação Eugénio de Almeida é o reconhecimento do nosso trabalho, da inovação da nossa metodologia, por uma entidade de referência ao nível educativo e social.
A nossa candidatura às Academias Gulbenkian Conhecimento 2020 não teria sido possível sem esta parceria.

Permite-nos estar inseridos numa estrutura que nos ajuda a divulgar esta metodologia junto de outras entidades, potenciais parceiros e investidores, mas mais importante, abre-nos a porta de casa de outras famílias onde as problemáticas que trabalhamos estão presentes, e quem sabe, chegar ao patamar de testar e validar na população portuguesa, esta metodologia de Inclusão de Crianças com Diagnósticos de Perturbações de Espectro do Autismo e Perturbações Hiperatividade/Défice de Atenção, utilizando o Xadrez como ferramenta terapêutica.
 
Quais os próximos passos previstos para continuar a mudar positivamente o mundo?
No futuro queremos ajudar as pessoas a ganharem diariamente as suas batalhas e continuar de alguma maneira a levar o xadrez a outros tipos de público e problemáticas, continuando a conquistar as competições onde a nossa equipa está inserida.
 
Face ao momento tão desafiante que vivemos, quer deixar uma mensagem para a nossa comunidade?
Tal como numa partida de xadrez, este momento difícil e desafiante com que nos deparamos, exige de todos um grande foco, muita calma, tenacidade, reflexividade e elevada capacidade de resiliência. Só assim conseguiremos fazer o xeque mate a esta pandemia.  
 
Para mais informação:
https://axat.pt/
https://pt-pt.facebook.com/axat.pt/
 
 
 
Investidores Sociais:
 
 

Partilhar conteúdo: