A CVP - DELEGAÇÃO DE ÉVORA PROCURA VOLUNTÁRIOS PARA A EQUIPA DE SOCORRO E TRANSPORTE

(Área/Actividades: Socorrismo/Equipa de Socorro e Transporte)


O que é a Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação de Évora?

A Delegação de Évora da Cruz Vermelha Portuguesa implantada no concelho desde 1912, tem dirigido a sua acção às pessoas e famílias em situações de emergência colectiva e/ou individual. Para além das mais variadas valências (Serviço de Apoio Domiciliário, Refeitório Social, Cursos de Educação e Formação de Adultos, Atendimento Social e Ensino de Socorrismo), a Delegação pretende consolidar a Equipa de Socorro e Transporte para poder fazer face às solicitações das entidades e empresas que pretendem apoio sanitário a diversos tipos de eventos – desde provas desportivas, transporte de doentes, emergência social, apoio a eventos lúdico-recreativos e culturais.

O que é a Equipa de Socorro e Transporte?
As Equipas de Socorro e Transporte (ou Unidades de Emergência) são constituídas por voluntários devidamente preparados e com formação técnico-profissional adequada para o cumprimento das missões de auxílio, assistência, tratamento de doentes e feridos, levantamento, transporte e primeiros socorros, quer em tempo de paz, quer em tempo de guerra.
Aos voluntários que se oferecem para prestar serviço nas referidas Equipas é ministrado um Curso de Formação Base que assenta em três áreas didácticas (Área do Curso de Tripulante de Ambulância de Transporte, Área de Formação Técnica Geral e Área de Formação Cruz Vermelha). Este curso confere a habilitação de Tripulante de Ambulância de Transporte, de acordo com a Portaria nº1147/2001 de 28 de Setembro.
    

Perfil do Voluntário? (Condições de Admissão)
- Ter nacionalidade portuguesa ou estrangeira, desde que demonstrem ter conhecimento do país e da língua portuguesa.
- Ter completado 18 anos de idade, ou 16 anos de idade desde que apresentem autorização escrita dos pais ou representante legal, e não ultrapassar os 45 anos de idade no acto da inscrição na Delegação.
- Possuir a escolaridade mínima obrigatória definida nos diplomas legais.
- Ter qualidades morais e cívicas que se enquadrem nos Princípios Fundamentais da Cruz Vermelha.
- Ter aptidão física e psíquica para o serviço na Equipa de Socorro e Transporte da CVP.
- Não fazer parte do corpo activo de qualquer corporação de segurança ou de salvação pública, ou de qualquer dos Ramos das Forças Armadas ou Militarizadas

Como contribuir?
O contributo do voluntário é para integrar a Equipa de Socorro e Transporte, sendo necessário, inicialmente, estar disponível para receber, gratuitamente, formação específica (cerca de 120h teórico-práticas), que acontecerá em horário pós-laboral e/ou fins-de-semana.
Após concluir a formação para tripulante de ambulâncias de transporte, e enquanto socorrista credenciado pela CVP deverá prestar, pelo menos, 200horas de voluntariado à organização como retribuição da formação prévia oferecida.


A Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação de Évora oferece aos voluntários:
- Seguro;
- Formação específica em socorrismo gratuita;
- Formação Básica Institucional Cruz Vermelha;
- Acompanhamento Pessoal.

Se tem interesse e disponibilidade para fazer voluntariado, e gostaria de integrar este projecto, contacte o Banco de Voluntariado da Fundação Eugénio de Almeida até ao dia 07 de Julho que organizará o encontro dos voluntários com os responsáveis da CVP de Évora.

Contactos do Banco de Voluntariado:
Telef.: 266 748 300
E-mail: bancodevoluntariado@fea.pt

Partilhar conteúdo: