Mais de 3 dezenas de jovens colaboraram em ação solidária em voluntariado desportivo.

A Fundação Eugénio de Almeida, no âmbito do seu Projeto de Voluntariado, promoveu ontem, dia 14 de Outubro 2015, mais uma ação solidária, desta vez requalificando os campos de ténis do Lusitano Ginásio Clube (LGC).

 

Através de um trabalho de proximidade com a Professora Maria José Cardoso da Escola Secundária Gabriel Pereira e da Escola Básica André de Resende, foram envolvidos, nesta ação de requalificação das instalações do LGC, mais de três dezenas de jovens.

 

Para muitos destes alunos, esta foi uma experiência marcante, a sua primeira experiência de voluntariado. Como muitas das primeiras experiências vivenciadas pelos jovens, esta trouxe o encanto da entrega total e a descoberta de novos sentimentos: o altruísmo, a força interior, o sentido de dever cumprido, de ser capaz, da descoberta, de que todos juntos conseguimos fazer a diferença e transformar o mundo… o nosso mundo, o da nossa cidade e da nossa comunidade.

 

Esta ação solidária vem na sequência do Encontro Jovens e Voluntariado, iniciativa promovida pela Fundação em Março passado, e que teve como objetivo chegar a um novo público, sensibilizando e envolvendo-o em práticas de voluntariado, promovendo uma aproximação à comunidade e contribuindo para um processo educativo com base na participação cívica ativa e nos valores humanistas e de solidariedade.

 

Sob coordenação da Técnica Inês Gonçalves (FEA) e do Professor Jorge Santos (LGC), também com algum apoio da União de Freguesias da Senhora da Saúde e Bacelo, e da União de Freguesias da Malagueira e Horta das Figueiras, os jovens rasparam, limparam e pintaram um dos dois campos de ténis, tendo ficado a vontade de, a breve trecho, voltar à ação para terminar o segundo campo.

 

Para Henrique Sim-Sim, Coordenador da Área Social da Fundação Eugénio de Almeida, “esta ação teve como objetivo imediato a colaboração com uma entidade local que tem um relevante papel desportivo e social, requalificando os seus campos de ténis, mas também proporcionar uma primeira experiência de voluntariado a muitos jovens da cidade de Évora, envolvendo-os e sensibilizando-os para a prática de uma cidadania mais ativa e solidária. Teve ainda como objetivo institucional ignitar novas áreas temáticas de voluntariado, nomeadamente junto de organizações desportivas, oferecendo assim novas oportunidades para os mais de 1000 voluntários inscritos no Banco de Voluntariado da FEA e demonstrando às organizações desportivas a possibilidade de recorrer a este recurso da comunidade para complementar os seus fins sociais.

 

 

Para ver as fotos clique AQUI!

Partilhar conteúdo: