Voluntariado da Fundação Eugénio de Almeida continua a prestar apoio ao estudo

Voluntárias apoiam crianças e jovens no domicílio através das tecnologias digitais

 

Voluntárias apoiam crianças e jovens no domicílio através das tecnologias digitais

Esta é a história 6 jovens estudantes universitárias de várias zonas do país que, ao virem estudar em Évora, decidiram dedicar um pouco do seu tempo para ajudar o próximo através do Voluntariado, tendo ingressado no Banco de Voluntariado da Fundação Eugénio de Almeida.

 

Acreditaram que podiam ajudar a transformar o mundo e fazer a diferença na vida de alguém através do apoio ao estudo, e iniciaram a aventura de ser voluntário na Fundação Eugénio de Almeida. Com diferentes percursos académicos, e também diferentes experiências pessoais, todas tinham em comum a vontade de desenvolver ações de voluntariado e a possibilidade de darem um pouco de si à nova comunidade onde estavam inseridas.

 

A necessidade de apoiar no estudo um grupo de crianças e jovens, filhas de mulheres vítimas de violência doméstica, e, assim, contribuírem para o seu sucesso escolar e apoio ao seu projeto de vida, foi a oportunidade.

 

Após o desafio de realizarem a formação “Ser Voluntariado de Proximidade” na Fundação Eugénio de Almeida, iniciaram a prática de voluntariado em outubro de 2019, numa sala cedida pelo Casarão da Pastoral Universitária, apoiando um conjunto de 5 crianças e jovens.

 

Com a situação de exceção e incerteza das últimas semanas, resultante da pandemia COVID19, foi necessário interromper as sessões presenciais. Todavia, os laços que se criaram e que ligam estas famílias e as suas crianças ao projeto de voluntariado da Fundação e às jovens voluntárias, permitiram que as sessões de voluntariado se tenham alterado quase de imediato para a modalidade online.

 

O entusiasmo das crianças é evidente e o desafio agora é que consigam tirar o melhor partido desta nova experiência de voluntariado, partilhando o seu dia a dia, mantendo o foco na melhoria do sucesso académico, oferecendo pequenos gestos e sorrisos que fazem a diferença na vida de qualquer criança ou jovem.

 

O Programa de Voluntariado da Fundação Eugénio de Almeida tem-se assim mantido ativo e próximo dos beneficiários que vinha a apoiar, procurando soluções alternativas e inovadoras, procurando, no entanto, contribuir para a sua segurança sanitária.

 

Esta atividade é desenvolvida em parceria com a Associação Ser Mulher, entidade com a qual a Fundação tem vindo, desde 2010, a colaborar no apoio ao estudo para crianças e mulheres, no apoio à procura ativa de emprego e elaboração de currículos ou no desenvolvimento de várias ações solidarias de reabilitação de imóveis para apoio ao processo de autonomização de vida.

A Fundação Eugénio de Almeida através do Voluntariado de Proximidade, tem assegurado e continua a assegurar outras crianças e jovens no apoio ao estudo, sendo cada solicitação objeto de análise cuidada e personalizada, oferecendo assim respostas de qualidade adaptadas a cada pessoa e cada situação. Nesta fase, os Voluntários apoiam as crianças e jovens por meios digitais ou telefone, devendo os interessados solicitar o apoio através de bancodevoluntariado@fea.pt.

 

Partilhar conteúdo: