Visitas guiadas com os curadores

na exposição 'Maria Lino - Lâmina Olhar Animal'

 

Nuno Faria, Pedro Januário e Diogo Pinto vão conduzir os visitantes pela exposição Maria Lino - lâmina olhar animal, para a qual reuniram desenhos, esculturas, objetos e material documental representativos do trabalho de uma artista portuguesa com uma das carreiras mais notáveis fora de portas (viveu mais de 30 anos na Alemanha, onde tem uma parte significativa da sua obra), e que permanece uma razoável desconhecida em Portugal.

Estas visitas constituem mais uma oportunidade para dar a conhecer melhor Maria Lino e as formas como a sua obra - centrada na relação com o lugar, com a natureza -, perscruta as coisas no mundo e o mundo nas coisas.

Entrada livre

 

23 de junho | 11h00

Pedro Januário

Pedro Januário (n. 1982, Lisboa), estudou Arquitectura do Planeamento Urbano e Territorial, Filosofia - Estética e é doutorando em Estudos de Literatura na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas. É membro familiar do Grupo Coral Llama Virgem.
Em 2014, teve contacto com a Serra do Feital iniciando a identificação e o estudo de 200 abrigos em pedra seca presentes na Serra, em colaboração com Mariana Fernandes e António Lino.
Em 2015-2016, foi artista convidado no XIII Simpósio Internacional de Arte do Feital, organizado por Maria Lino. Tem vindo a promover e a participar em vários projectos colectivos das Associações culturais Goela (Lisboa) e Luzlinar (Feital). Publicou recentemente, no âmbito do Projecto Ascensor, o trabalho de investigação " Corridas, Maria Lino".

 

7 de julho | 11h00

Diogo Pinto

Diogo Pinto (n. 1993, Lisboa). Co-coordenador do projecto expositivo da Associação Goela, “Ascensor”. Co-fundador da editora musical Padre Himalaya.
Enquanto artista plástico, participou nas seguintes exposições:
“Take-away”, Mu.Sa – Museu de Artes de Sintra / “No dia seguinte está o agora”, curadoria de Nuno Sousa Vieira e Cristina Mateus – CAPC / “11º Prémio Amadeo de Souza-Cardoso” – Museu Amadeo de Souza-Cardoso / “The dog is very confused”, curadoria de Kasia Sobczak-Wróblewska – Galeria FOCO / “Chora Ó Lagoa Atenta” com Nuno Gonçalves – Associação Goela (Sta. Apolónia) / “Crisálida” – Planador, Mafra / “Finalistas” – SNBA / “4º Grandioso Fim-de-Semana no Bregas! – Bregas / Ciclo Corda Bamba – Ateneu Comercial Lisboa / “Cast a Cold Eye” – Museu Condes de Castro Guimarães.

 

29 de setembro | 11h00

Nuno Faria

Nuno Faria (n. 1971, Lisboa), é curador e, atualmente, o Director Artístico do Centro Internacional das Artes José de Guimarães, em Guimarães. Entre 1997-2003 e 2003-2009 trabalhou no Instituto de Arte Contemporânea e na Fundação Calouste Gulbenkian, respectivamente. Viveu e trabalhou no Algarve entre 2007 e 2012 onde, entre outros projectos, fundou (em Loulé, 2009) o projecto Mobilehome - Escola de Arte Nómada, Experimental e Independente. É professor da ESAD - Escola de Artes e Design, Caldas da Rainha.

 

 

 

 

Acompanhe este programa na nossa página do facebook

 

 

 

Partilhar conteúdo: