Visitas guiadas com a curadora

Monika Bakke

 

© Fundação Eugénio de Almeida | Foto: Francisco Pereira Gomes

 

8 de dezembro / 29 de março | 11h00

Centro de Arte e Cultura

 

Monika Bakke, curadora da exposição Boundless objects [Objetos sem limites], conduz-nos pelas obras de 12 artistas de 4 continentes, que questionam o modo como os objetos emergem nas suas constantes transfigurações. 

Num percurso que cruza diversas práticas artísticas contemporâneas, como a bioarte ou a impressão 3D, e diferentes meios - escultura, vídeo, instalação e fotografia -, partimos à descoberta das muitas formas como os objetos vivos e não vivos, reais ou virtuais se transformam e transmutam, tornando-se rapidamente outros, tal como nós?.

Visitas em inglês. Entrada livre

 

Monika Bakke é Professora Associada no Departamento de Filosofia da Universidade Adam Mickiewicz, em Poznan, na Polónia. Escreve sobre arte e estética contemporâneas, com um foco particular nas perspetivas pós-humanista, transespécie e de género. É autora de Bio-transfigurations: Art and Aesthetics of Posthumanism (2010, em Polaco) e Open Body (2000, em Polaco), coautora de Pleroma: Art in Search of Fullness (1998), e editora de Australian Aboriginal Aesthetics (2004, em Polaco), Going Aerial: Air, Art, Architecture (2006) e The Life of Air: Dwelling, Communicating, Manipulating (2011). De 2001 a 2017, foi editora do jornal cultural polaco Czas Kultury [Tempo de Cultura]Atualmente, a sua pesquisa está focada nas forças não-vida e em novas articulações da presença mineral em museus de arte contemporânea e de história natural.

 

 

 

 

Partilhar conteúdo: