Duas ou três coisas...

 

26 de janeiro | 18h00
Centro de Arte e Cultura
Entrada livre, limitada aos lugares disponíveis

É obrigatória a apresentação de certificado digital (de acordo com normas da DGS em vigor).
 
 
Sobre Fotografia
Com Pedro Lobo e David Infante
Dois fotógrafos, duas gerações, dois corpos de trabalho em diálogo.
 

Pedro Lobo
Nascido em 1954 no Rio de Janeiro e a viver há alguns anos em Borba, no Alentejo, traz para este encontro mais de quarenta anos de trabalho fotográfico. Com publicações, exposições e reconhecimento crítico, o seu trabalho interpela os lugares a que pertence e por onde passa, as realidades arquitetónicas das cidades, o património que as inscreve na história, aproxima-nos da sensibilidade e das memórias dos seus habitantes. Um certo regime de perda instala-se frequentemente nas suas imagens, entre a ruína e a perda de que a memória faz eco. Integra o que Alexandre Pomar designa como Grupo de Évora, incluindo José M. Rodrigues, João Cutileiro e António Carrapato, além do próprio Pedro Lobo.

David Infante
Mestre em Fotografia Contemporânea pelo Royal College Of Arts, Londres, 2017, é um artista que trabalha fundamentalmente com fotografia analógica. Em 2007 recebeu o prémio Pedro Miguel Frade, atribuído pelo Centro Português de Fotografia. Recebeu o prémio Bes Revelação em 2008 pelo Banco Espírito Santo / Museu de Serralves. Em 2014 é selecionado para o Photoespaña Descubrimientos e em 2018 é selecionado e expõe no prémio Amadeo de Souza Cardoso, em Amarante. Tem mostrado o seu trabalho em várias galerias e museus. As mostras mais recentes foram Mirror Without a Memory, galeria La Ira de Dios, Buenos Aires, Argentina, 2016; Trinta Anos Encontros da Imagem, Braga, 2017; Off Print, Tate Morden, Londres, 2017; A Preto e Branco, Coleção PLMJ, Sociedade Nacional de Belas Artes, Lisboa, 2018; e If All Time Is Eternally Present, Galeria Módulo, Lisboa, 2021. O seu trabalho tem sido referenciado em várias publicações. Também está representado em várias coleções públicas e privadas.
Ensina como professor convidado na Escola de Artes da Universidade de Évora e é doutorando na Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa.
 
 
 
 

Partilhar conteúdo: