Dias Boundless

 

PROGRAMA*

25 DE MARÇO | 17H00 - 19H00
POR EXEMPLO OS OBJETOS
Workshop teórico com José Alberto Ferreira
Atividade sujeita a inscrição prévia

 

26 DE MARÇO | 21H30
A REVOLTA DOS OBJETOS, UMA CONFERÊNCIA ANIMADA
Espetáculo de Teatro | Público em geral 
Atividade sujeita a inscrição prévia

 

27 DE MARÇO | 14H30

A REVOLTA DOS OBJETOS, UMA CONFERÊNCIA ANIMADA
Espetáculo de Teatro | Público e
scolar (Ensino Secundário) 
Atividade sujeita a inscrição prévia

 

28 DE MARÇO | 18H00
TRANSLECTURES
Performance com o artista Nikolaus Gansterer
Entrada livre

 

29 DE MARÇO | 11H00
VISITA GUIADA À EXPOSIÇÃO 'BOUNDLESS OBJECTS [OBJETOS SEM LIMITES]'
Com a curadora, Monika Bakke
Entrada livre

 

 

 

 

*PROGRAMA DETALHADO

25 DE MARÇO | 17h00 - 19h00
POR EXEMPLO OS OBJETOS
Workshop teórico com José Alberto Ferreira

A partir da leitura de textos de Jean Baudrillard, Ghérasim Luca, Eugenio Castro, Michel Serres, Bruno Latour, Graham Harman, entre outros, procura-se neste workshop re-posicionar objetos e coisas da cena em relação com um mundo onde as ontologias verticais hierárquicas são substituídas por ontologias planas, horizontais. Os textos são aqui material que aponta para a experimentação, em busca da tradução prática de conceitos e de questionamentos artísticos.

Participação gratuita, mediante inscrição prévia AQUI

 

 

26 E 27 DE MARÇO
A REVOLTA DOS OBJETOS, UMA CONFERÊNCIA ANIMADA
Espetáculo de Teatro

O dispositivo de uma conferência é o ponto de partida para esta nova incursão no mundo das coisas. Este dispositivo é, como todos os outros, um modo de organizar objetos (uma mesa, cadeiras, microfones, etc.) corpos, discursos e algumas regras - umas escritas e outras implícitas. Esta não é, no entanto, uma conferência qualquer: o conferencista é um ator e a sua comunicação é uma performance na qual os objetos insistem em ter ainda uma palavrinha a acrescentar.

As coisas, os objetos têm um modo muito especial de comunicar - connosco e entre si - gwarggaflrlghf. O nosso pobre teórico convidado irá tentar apresentar algumas ideias sobre o assunto, será que vai conseguir fazê-lo em plena revolta dos objetos? Aquele móvel que a meio da noite estalava e tornava a casa estranhamente assustadora irá marcar presença. Não perca esta conferência, vai ser animada! 

Conceito e direção artística: Igor Gandra, Carla Veloso
Texto, dramaturgia e conceção cenográfica: Igor Gandra
Realização plástica da cenografia e adereços: Eduardo Mendes
Interpretação: Igor Gandra, Carla Veloso, Eduardo Mendes
Vídeo: Teatro de Ferro, Carlota Gandra
Desenho de luz: Mariana Figueroa
Fotografia de cena: Susana Neves
Construção e montagem: Oficina do Teatro de Ferro
Consultores: José Alberto Ferreira, Magda Henriques, Mário Amaral e Bruno Monteiro
Coprodução: Teatro de Ferro e Câmara Municipal do Porto
Duração: 50 minutos
Classificação etária: M/8 anos

26 de março | 21h30
Público em geral 
2€ / pessoa, mediante inscrição prévia AQUI

27 de março | 14h30
Público escolar – Ensino secundário
Participação gratuita, mediante inscrição prévia AQUI

 

 

28 DE MARÇO | 18H00
TRANSLECTURES
Performance de Nikolaus Gansterer

Nikolaus Gansterer, um dos artistas presentes na exposição Boundless objects [Objetos sem limites] apresenta-nos a performance Translectures, através da qual se centra na capacidade de traduzir e visualizar os processos do pensamento. A partir de objetos comuns dispostos sobre uma mesa, que transforma numa espécie de laboratório de símbolos e micro-palco, o artista desenvolve uma série de experiências que são gravadas ao vivo em vídeo e transmitidas em direto no espaço onde decorre a performance.

Entrada livre

 

Nikolaus Gansterer, artista e performer que liga o desenho, o pensamento e a ação, através de uma prática de visualização performativa e representações cartográficas. Estudou Antropologia na Universidade de Viena e Arte Transmédia na Universidade de Artes Aplicadas de Viena, na Áustria. Completou os seus estudos interdisciplinares na Jan van Eyck Academie, em Maastricht, na Holanda. Atualmente, ensina na Universidade de Artes Aplicadas de Viena. O seu trabalho foi exibido em numerosas exposições internacionais, incluindo, em 2019 na 58ª Bienal de Veneza, Research Pavilion; na 14ª Bienal de Sharjah, Villa Arson, Nice; Kunstraum Niederoesterreich, Viena; no Museu Glaskasten, Marl, Alemanha; no Museu de Belas Artes, Ghent, Bélgica; MuCEM, Marselha; na Bienal de Havana; no Museu Albertina, Viena; ICA, Londres; na 4ª Bienal de Atenas e no Museu de Cranbrook, Detroit. O fascínio de Gansterer com o carácter complexo das figuras diagramáticas resultou em dois livros: Drawing a Hypothesis - Figures of Thought e Choreo-graphic Figures: Deviations from the Line, com Emma Cocker e Mariella Greil.

 

 

29 DE MARÇO | 11H00
VISITA GUIADA À EXPOSIÇÃO 'BOUNDLESS OBJECTS [OBJETOS SEM LIMITES]'
Com a curadora Monika Bakke

Monika Bakke, curadora da exposição Boundless objects [Objetos sem limites], conduz-nos pelas obras de 12 artistas de 4 continentes, que questionam o modo como os objetos emergem nas suas constantes transfigurações.  

Num percurso que cruza diversas práticas artísticas contemporâneas, como a bioarte ou a impressão 3D, e diferentes meios - escultura, vídeo, instalação e fotografia -, partimos à descoberta das muitas formas como os objetos vivos e não vivos, reais ou virtuais, se transformam e transmutam, tornando-se rapidamente outros, tal como nós.

Visita em inglês. Entrada livre 

 

Monika Bakke é Professora Associada no Departamento de Filosofia da Universidade Adam Mickiewicz, em Poznan, na Polónia. Escreve sobre arte e estética contemporâneas, com um foco particular nas perspetivas pós-humanista, transespécie e de género. É autora de Bio-transfigurations: Art and Aesthetics of Posthumanism (2010, em Polaco) e Open Body (2000, em Polaco), coautora de Pleroma: Art in Search of Fullness (1998), e editora de Australian Aboriginal Aesthetics (2004, em Polaco), Going Aerial: Air, Art, Architecture (2006) e The Life of Air: Dwelling, Communicating, Manipulating (2011). De 2001 a 2017, foi editora do jornal cultural polaco Czas Kultury [Tempo de Cultura]Atualmente, a sua pesquisa está focada nas forças não-vida e em novas articulações da presença mineral em museus de arte contemporânea e de história natural.

 

 

 

MAIS INFORMAÇÕES:
Serviço Educativo
servicoeducativo@fea.pt
2
66 748 350

 

 

 

 

Partilhar conteúdo: