Centro de Inovação Social promoveu Encontro para Técnicos de Municípios do Alentejo Central

O Centro de Inovação Social da Fundação Eugénio de Almeida promoveu no passado dia 24 de fevereiro mais uma iniciativa de sensibilização capacitação e mobilização de técnicos dos municípios do Alentejo Central, com o objetivo de poder vir a constituir uma rede informal que favoreça o reforço e desenvolvimento do ecossistema regional de empreendedorismo social.

 

Esta rede de “embaixadores” de empreendedorismo social, visa mobilizar pelo menos um técnico de cada um dos 14 municípios do Alentejo Central e, a partir de aí, mapear e apoiar iniciativas de inovação social, desenvolver iniciativas conjuntas, acolher projetos piloto de impacto social, entre outras atividades, que beneficiem o território e as suas populações.

 

Com este objetivo, o Centro de Inovação Social, com o apoio da Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central (CIMAC), promoveu o  "Encontro de Empreendedorismo Social para Técnicos das Autarquias no Alentejo Central", no qual participaram quatro empreendedores sociais em processo de incubação no CIS-FEA, bem como Miguel Neiva, fundador do projeto Color Add, iniciativa que se encontra a ser desenvolvida no Alentejo Central com apoio da Fundação Eugénio de Almeida e da CIMAC.

 

O Encontro teve também como objetivo sensibilizar os técnicos das autarquias do Alentejo Central para os benefícios do trabalho em rede ao nível do suporte a iniciativas de empreendedorismo e inovação social nos territórios de baixa densidade, apresentando casos concretos de projetos em curso.

 

Recorde-se que já em julho de 2020 a Fundação tinha promovido uma primeira sessão de capacitação em empreendedorismo social para os técnicos dos municípios, precisamente com este objetivo.

 

Neste encontro de 24 de Fevereiro, participaram um total de 15 técnicos dos municípios do Alentejo Central.

 

Partilhar conteúdo: