Entrepreneurs supported by Fundação Eugénio de Almeida #13

 

"A nossa relação com o CIS é muito recente mas já manifesta um enorme potencial de construção conjunta da melhoria do trabalho que prestamos na comunidade onde nos inserimos, sonhando a replicação do mesmo"

Maria Simões

De que consta o seu projeto, qual o impacto esperado e que resultados já podem apresentar?

Maria d’Alegria é um projeto de empreendedorismo social, dinamizado por uma palhaça (Maria Simões) e uma equipa de gente entusiasta por criar um mundo melhor. Aliamos o humor e o amor na nossa particular estratégia de combate ao isolamento social. Estamos no Alto Alentejo dinamizando dois espaços – Terra d’Amor Humor (Portagem, Marvão) e Casa Maria d’Alegria (Castelo de Vide) e ainda com uma vertente nómada disponível para atuar em qualquer zona do país ou do mundo (como vem sendo o nosso percurso que acumula já 25 anos de experiência).

Trabalhamos com as artes e a educação, no seio da natureza, promovendo o aumento da Felicidade Interna Bruta, a melhoria do bem-estar e a saúde mental de quantas pessoas (de todas as idades) tocamos com o nosso trabalho de humor e afetos.

Em que medida foi importante a formação/apoio/concurso/outro com o CENTRO DE INOVAÇÃO SOCIAL da Fundação Eugénio de Almeida?

A nossa relação com o CIS é muito recente mas já manifesta um enorme potencial de construção conjunta da melhoria do trabalho que prestamos na comunidade onde nos inserimos, sonhando a replicação do mesmo, noutros locais e dando-nos apoio na avaliação e estudos sobre o impacto social do nosso projecto.

No fundo, as vertentes onde sentimos mais dificuldade estão a ser acompanhadas pela equipa técnica do CIS – FEA e estamos muito gratas por isso.

Paralelamente, somos já parte de um grupo de pessoas que, tal como nós, nos movemos no empreendedorismo social e criamos uma rede de interajuda e apoio que é fundamental para os nossos trabalhos, onde tantas vezes, nos sentimos sós. 

Quais os próximos passos previstos para continuar a mudar positivamente o mundo?

Aguardamos ansiosamente poder abrir, de novo, as portas dos nossos espaços para acolher as pessoas que queiram connosco mudar o mundo e a vida. Para este ano, estão previstas a criação de 3 novas rotas palhaças temáticas (árvores, abelhas e passeio a Marvão com palhaça e burra), retomar as sessões de contos na quinta, programar e acolher espetáculos e oficinas de formação. Finalmente, prevemos que no fim do Verão teremos já feita a abertura do glamping Terra d’Amor Humor e a inauguração da Casa Maria d’Alegria.

Não vemos a hora de começar a visitar – como palhaças - as pessoas isoladas, nas suas casas, ou as que estão institucionalizadas e há tanto tempo privadas de liberdade, visitas e (muitas vezes) de abraços e sorrisos.

Face ao momento tão desafiante que vivemos, quer deixar uma mensagem para a nossa comunidade?

Tudo muda, tudo está em permanente mudança. Vale muito mais a pena olhar o mundo com um olhar de esperança e um sorriso na cara.

“Um dia sem rir é um dia perdido!” – Charlie Chaplin

 

Para saber mais:

https://www.facebook.com/mariadalegria.2020

http://www.mariadalegria.com/

Email: book.mariadalegria@gmail.com

 

Partilhar conteúdo: