Ciclo Internacional de Reflexão Crítica

 

26 de maio | 18h00

O TEMPO DAS PERIFERIAS?

COM EMÍLIA FERREIRA

Entrada livre

 

Que sentidos temos hoje de centro e de periferia, em tempos de globalização e na era do digital? Farão ainda hoje sentido estas questões? Que papel desempenham as instituições culturais no desejado equilíbrio do direito à cultura, à arte, à educação e na consequente criatividade? Hoje, quando tantas barreiras se desfazem, na aproximação dos cidadãos ao saber e ao poder, à educação e à informação, haverá uma equivalência no acesso à chamada alta cultura e à transmissão dos valores artísticos, científicos e sociais e às oportunidades de os usufruir? Que fazemos (e que podemos fazer de diferente) para ultrapassar essas distâncias?

 

 

Sobre Emília Ferreira

Emília Ferreira (Lisboa, 1963). Licenciada em Filosofia pela FLL, e mestre e doutora em História da Arte Contemporânea pela FCSH/NOVA. Professora, historiadora de arte, curadora. Começou a publicar em 1987, tendo colaborado com O Jornal, Público, o suplemento DNA (do Diário de Notícias) e revista MID. Tem ainda colaborações dispersas por diversas revistas científicas. Autora de ficção e de ensaio. É, desde Dezembro de 2017, directora do Museu Nacional de Arte Contemporânea.

Partilhar conteúdo: