Emprendedorismo e Inovação Social em Destaque na Fundação Eugénio de Almeida

22-10-2013

Mais de 100 pessoas participaram no encontro “50 Anos Pelas Pessoas! 50 Ideias Para As Pessoas!”


A Fundação Eugénio de Almeida organizou, no âmbito da celebração dos seus 50 anos, o Encontro “50 anos pelas pessoas! 50 ideias para as pessoas!”, no passado dia 10 de Outubro, no Fórum Eugénio de Almeida, no qual participaram mais de 100 pessoas.


Este encontro teve como objetivo promover uma reflexão conjunta sobre novas ideias para um diagnóstico social da região que é sobejamente conhecido: o envelhecimento e o despovoamento; a pobreza e a exclusão social; um fragilizado terceiro setor.


Estes foram os três temas que mais de 60 jovens universitários, técnicos de ipss, empreendedores sociais e outros participantes estiveram a trabalhar durante a tarde, tendo no final apresentado um conjunto de 6 novas "ideias para as pessoas”.


Antes, já mais de 100 participantes tinham ouvido a intervenção do Sr. Presidente do Conselho de Administração da FEA, Dr. Eduardo Pereira da Silva, e de Maria Alvim Coordenadora do Projeto Mapa de Inovação e Empreendedorismo Social – MIES, que traçou um quadro geral sobre o “Empreendedorismo Social no Alentejo”, resultado daquele projeto de investigação levado a cabo pelo IES.


Seguidamente foram apresentadas 3 plataformas de inovação social: o Banco de Inovação Social da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa pela Diretora desta estrutura, Maria do Carmo Marques Pinto; o SocialSpin, pelo Dr. Filipe Pinto, membro da equipa técnica da área transversal de Economia Social da Universidade Católica – Centro Regional do Porto e, a Agência DNA Cascais, pelo seu Diretor Executivo Marco Fernandes.

 

 

 

 


Empreendedorismo Social: mais de 150 pessoas viram o Documentário QUEM SE IMPORTA na FEA


A Fundação Eugénio de Almeida organizou duas sessões de visionamento do documentário QUEM SE IMPORTA nos dias 12 de Setembro e 16 de Outubro, no auditório do Fórum Eugénio de Almeida, nas quais estiveram presentes mais de 150 pessoas.


Com o objetivo de promover e debater o Empreendedorismo Social na cidade de Évora, esta duas sessões foram dirigidas para o público em geral e para jovens universitários, respetivamente, tendo no final promovido um vivo debate com empreendedores sociais.


Este documentário, recomendado pela UNESCO como o melhor documentário no DocMiami Internacional Film Festival, apresenta o trabalho de 18 empreendedores sociais, cujos projetos inovadores criaram soluções simples e eficazes para graves questões que afetam profundamente a sociedade, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida de milhares de pessoas.


Para os debates, a Fundação Eugénio de Almeida convidou, para a primeira sessão, Pedro Grilo, empreendedor social de Évora, Nídia Amorim, Presidente da Direção da Associação da Habi(li)tar Alentejo (Beja). Na segunda sessão, foram convidados António Batista, consultor social, e Gonçalo Fortes, empreendedor social e dirigente da Associação Alentejo de Excelência (Évora).


Estas sessões enquadram-se numa estratégia de promoção de Empreendedorismo Social que a Fundação Eugénio de Almeida tem vindo a concretizar, através da investigação e da promoção de workshops, cursos e conferências.

 

 

Partilhar conteúdo: