\"Projeto Travesseiro\" e \"TradForMar\" vencem a 2,ª Edição do Laboratório para o Apoio a Novas Ideias Sociais

"Projeto Travesseiro” e  “TradForMar” vencem a segunda edição do Lab.For.Evora - Laboratório para Apoio a Novas Ideias Sociais  
 
A Fundação Eugénio de Almeida envolve mais de 20 técnicos de Organizações do Terceiro Setor em mais uma iniciativa promotora de empreendedorismo social. 
 
A Fundação Eugénio de Almeida, no âmbito do Projeto “Plataforma para a Coesão e para a Inovação Social”, realizou nos dias, 15, 16 e 17 de Abril, no Hotel da Ameira, a 2.ª Edição do Lab.For.Évora - Laboratório para Apoio a Novas Ideias Sociais, na qual participaram 21 pessoas.
 
Esta iniciativa, dinamizada pela equipa do IES – Instituto de Empreendedorismo Social, desenvolveu-se em formato de Bootcamp, com uma duração de 48 horas, através da qual os participantes tiveram a oportunidade de trabalhar novas ideias de projetos, atividades ou negócios sociais que contribuam para uma resposta a problemas sociais e promovam a sustentabilidade organizacional.
 
Os participantes foram divididos por 6 equipas de trabalho que, associadas a uma área temática, desenvolveram uma ideia em projeto com o apoio dos mentores especializados em empreendedorismo social. A definição do problema, o valor, a solução, a sustentabilidade, o piloto e a viabilização, o impacto, a transformação e a comunicação foram os itens trabalhados para a construção do projeto entre o dia 15 e 17 de manhã.
 
Durante a tarde, os grupos fizeram o seu pitch junto do Júri convidado, composto por: António Costa da Silva, Vogal da Comissão Diretiva do Alentejo 2020,  em representação do Diretor Geral da ADRAL, Ana Luísa Brejo; Sónia Ramos, Diretora do Centro Distrital da Segurança Social de Évora e Henrique Sim-Sim, Assessor da Secretária Geral da Fundação Eugénio de Almeida.
 
Os projetos vencedores foram o “Projeto Travesseiro” e o projeto “TradForMar”. O primeiro, cuja equipa é constituída pela Fundação Século, pela Associação Agir no Tempo, pela Cáritas Diocesana de Beja e pela Fundação Eugénio de Almeida e por um particular, propõe minimizar a solidão e a  insegurança noturna subjetiva dos idosos que vivem sozinhos. O segundo projeto, “TradForMar”, é proposto pela equipa composta pela Associação PédeXumbo, pelo CENDREV e pelo Bloco Oxalá, e tem como objetivo promover a cultura tradicional, nomeadamente a música e a dança junto das crianças e jovens.
 
Estes dois projetos serão agora apoiados pela Fundação Eugénio de Almeida e pelo IES, tendo em vista alavancar o seu desenvolvimento e implementação. 

 

QTS-Lab_1_2ªEdição  QTS-Lab_2_2ªEdição

QTS-Lab_3_2ªEdição  QTS-Lab_4_2ªEdição

QTS-Lab_5_2ªEdição  QTS-Lab_6_2ªEdição

QTS-Lab_7_2ªEdição  QTS-Lab_8_2ªEdição

Partilhar conteúdo: