I Encontro Transfronteiriço de Responsabilidade Social: cooperação para o desenvolvimento.

19-09-2006

Realizou-se, no passado dia 19 de Setembro, o I Encontro Transfronteiriço de Responsabilidade Social em Badajoz, enquadrado no âmbito das actividades do Projecto FUNDAR – Cooperação Transfronteiriça entre as Fundações e o Mundo Empresarial para a Promoção e a Valorização da Responsabilidade Social.

 

Promovido e liderado pela Fundação Eugénio de Almeida em parceria com a FUNDECYT – Fundação para o Desenvolvimento da Ciência e Tecnologia na Extremadura e a Fundação Academia Europea de Yuste, o projecto FUNDAR propõe-se dinamizar a cooperação transfronteiriça para promover a colaboração interinstitucional no domínio da Responsabilidade Social das Organizações. 

 

Os destinatários deste projecto, apoiado pela Iniciativa Comunitária INTERREG III A, são as pequenas e médias empresas e as instituições do terceiro sector das regiões transfronteiriças do Alentejo Central e Extremadura.

 

O Encontro extremenho contou com a participação dos representantes das organizações responsáveis do projecto, nomeadamente, o Prof. Doutor Carlos Alberto da Silva, coordenador científico do Observatório Social do Alentejo da Fundação Eugénio de Almeida, Francisco Quintana Gragera, Director Geral de Investigação, Desenvolvimento Tecnológico e Inovação da Junta de Freguesia da Extremadura, António Ventura Díaz Díaz, Director da Fundação Academia Europeia de Yuste, e Luis Casas Luengo, Director da FUNDECYT.

 

De entre os temas trazidos à reflexão comum, destacam-se a Responsabilidade Social Corporativa em Portugal e na Extremadura, apresentado pelos Professor Pedro Rivero, da Universidade da Extremadura, e Professora Helena Gonçalves, da Universidade Católica Portuguesa do Porto, e a Responsabilidade Social e o meio ambiente, numa comunicação de Javier del Arco, da Fundação Vodafone.

 

De salientar, ainda, a realização da mesa redonda sobre o tema Praticando a Responsabilidade Social Empresarial: Investir nas empresas Socialmente Responsáveis e boas práticas em RSO (Responsabilidade Social Organizacional), na qual participaram o Dr. Luís Gonçalves da Silva, da Universidade de Lisboa, Luis Crespo, da Corporação Empresarial da Extremadura, Pedro Delgado, da Fundação Schlege,l e a Engª. Catarina Pires, da Delta Cafés. 

 

Os representantes das fundações portuguesas e espanholas presentes no Encontro destacaram o contributo das Fundações para a questão da Responsabilidade Social, na medida em que elas são agentes privilegiados de difusão dos valores que a sustentam e de sensibilização da sociedade civil, em particular das empresas, para a importância e impacto efectivo desta prática na vida das pessoas, das comunidades e da sociedade em geral.

 

Outro dos pontos altos da agenda do Encontro foi a definição de uma linha estratégica para o desenvolvimento de um plano regional de cooperação e inclusão social.

 

No final, vários participantes fizeram questão de sublinhar a relevância que assume hoje o fortalecimento das relações interinstitucionais entre os dois lados da fronteira, tendo em vista o reforço da coesão social e economia. Este Encontro parece ter sido mais um passo nesse sentido.

 

FONTE: Diário do Sul

TITULO: I Encontro Transfronteiriço de Responsabilidade Social

AUTOR: Redacção  PÁGINA: 2  DATA: 10 de Outubro de 2006

 

 


 

Partilhar conteúdo: