Entrepreneurs supported by Fundação Eugénio de Almeida #1

Crossmind Box - Projeto preventivo de saúde mental e física

© José Miguel Soares

"Esta sinergia e dinâmica com a Fundação tem sido muito positiva e gratificante para nós, sentimo-nos sempre em casa, uma vez que foi lá que nasceu toda a ideia e demos os nossos primeiros passos … "

Joana Fialho e Margarida Picanço


A Fundação Eugénio de Almeida tem vindo, nos últimos anos, a promover um conjunto de iniciativas formativas e informativas sobre Empreendedorismo. Existem já alguns projetos que beneficiaram deste trabalho e que estão no terreno a criar impacto. Queremos agora dar a conhecer à comunidade, e aos nossos stakeholders, estes projetos e o seu impacto, através de entrevistas aos seus promotores.

As primeiras convidadas foram a Joana Fialho e a Margarida Picanço, fundadoras do Crossmind Box, a responder a algumas perguntas.

 

De que consta o seu projeto, qual o impacto esperado e que resultados já pode apresentar?

O Crossmind Box é um projeto preventivo de saúde mental e física direcionada a grupos de jovens  (8 aos 20 anos de idade) e adultos tendo como objetivo a promoção e desenvolvimento de competências emocionais e sociais.

Este projeto que está a ser apoiado e financiado pela medida StartUP Voucher, a qual faz parte da Estratégia Nacional para o Empreendedorismo, que dinamiza o desenvolvimento de projetos empresariais que se encontrem em fase de ideia, promovidos por jovens com idade entre os 18 e os 35 anos, através de diversos instrumentos de apoio disponibilizados ao longo de um período de até 12 meses. A incubadora que nos apoia e disponibiliza mentoria e acompanha o nosso projeto é o NERE- Núcleo Empresarial da Região do Alentejo, onde temos o nosso espaço de trabalho em co-working e salas de reunião.
 
O projeto assenta em dois pólos, os quais estão divididos mediante faixas étarias e metodologias de provenção e intervenção distintas: o primeiro pólo reside na utilização do desporto, nomeadamente do Crosstraining, o qual consiste num treino de atividade funcional adaptada a diversas idades e diversas condições físicas e o segundo pólo no treino de competências emocionais em vários grupos sociais e organizacionais.
 
No fundo esta conjugação vem proporcionar uma melhoria física e psicológica, promovendo hábitos e estilos de vida saudáveis e prevenindo casos de insucesso escolar, baixa autoestima, baixo rendimento e autoconceito académico, depressão e obesidade na faixa etária mais jovem.Este projeto pretende também combater a rotina pela variedade dos seus treinos, o sedentarismo, o isolamento social, entre outras problemáticas na infância e na adolescência.
 
Quanto ao trabalho que está a ser desenvolvido junto da faixa etária adulta, estamos a explorar novos modelos de prevenção e intervenção social em formato de Team Building, o qual promove o desenvolvimento pessoal, social e profissional de cada pessoa, tendo em conta os vários objetivos a alcançar que podem estar ligados mais a uma vertente organizacional ou até mesmo pessoal, em caso de formação contínua interna nas diversas empresas ou entidades onde possamos criar sinergias positivas, criando um impacto positivo.
 
Neste campo estamos a intervir ao nivel do bem-estar físico e emocional, aumentando a rentabilidade empresarial, satisfação do trabalhador, a superação, a capacidade de liderança, a criatividade, a cooperação e a competição saudável entre outras competências.
 
Relativamente aos resultados, ainda estão a ser desenvolvidas e implementadas as nossas diversas modalidades, estudando as metodologias de intervenção e avaliando continuamente o impacto social.Os nossos resultados de forma geral têm sido bastante positivos e as pessoas têm aderido muito bem às diversas modalidades em grupo. Os jovens têm melhorado as suas competências emocionais e sociais, sobretudo a sua noção de autoconceito e rendimento académico. Na faixa etária adulta, ainda estão a decorrer as adaptações do nosso modelo e a sua eficácia de intervenção ainda está a ser estudada assim como os resultados atingidos. 
 
Em que medida foi importante a formação que frequentou na Fundação Eugénio de Almeida (bem como outros apoios prestados pela FEA)?
O projeto Crossmind Box nasceu na Fundação Eugénio de Almeida através do Curso de Empreendedorismo, onde a ideia foi criada por mim (Psicóloga Clínica) e pela Margarida Picanço (Manager e Developper), depois estudado e desenvolvido o Plano de Negócios mediante a ajuda essencial da Marta Lopes (Marketing, Universidade Lusófona).

 A FEA tem uma papel preponderante no apoio e divulgação do Crossmind Box. Temos realizado formação contínua  na área do empreendedorismo na FEA nomeadamente em soft skills, criação de imagem de marca, plano de negócios, comunicação e divulgação no terceiro setor, entre outras.
 
Fomos também desafiadas a falar publicamente em certos eventos, como por exemplo no IGNITE-Portugal e a associarmo-nos a outros projetos com quem hoje trabalhamos, como o Projeto Revive+. Esta sinergia e dinâmica com a Fundação tem sido muito positiva e gratificante para nós, sentimo-nos sempre em casa, uma vez que foi lá que nasceu toda a ideia e demos os nossos primeiros passos antes de fazermos a candidatura ao Startup Voucher.
 
Quais os próximos passos previstos para continuar a mudar positivamente o mundo?
Iremos continuar a desenvolver as nossas atividades, como também desenvolver o planeamento de novas consoante as necessidades do nosso público alvo. Iremos também continuar a frequentar diversas formações que sejam importantes para o nosso projeto.

Partilhar conteúdo: