Alargar horizontes, motivar, impactar e transformar vidas!

No âmbito do Programa de Empreendedorismo Jovem nas Escolas, iniciativa promovida pela Área Social e de Desenvolvimento da Fundação Eugénio de Almeida, em parceria com o NERE, foi realizada no passado dia 10 de Julho uma visita de estudo a algumas instituições de referência na área do empreendedorismo em Lisboa. 

Esta visita, na qual participaram 16 jovens das quatro melhores equipas do Programa Empreendedorismo Jovem nas Escolas, teve com principal objetivo alargar horizontes, motivar, impactar e contribuir para transformarpositivamente a vida destes jovens, colocando-os em contacto com o que de melhor se faz na área do empreendedorismo a nível nacional, partilhando aí os seus projetos e ideias, conhecendo outras realidades, trocando impressões com técnicos qualificados e experientes, em suma, proporcionando-lhe uma experiencia muito positiva nesta área. 

Os alunos começaram por visitar a Start Up Lisboa, instituição criada em 2011 através do Orçamento Participativo da Câmara Municipal de Lisboa. Bruno Gomes, técnico da StarUp que acompanhou a visita, explicou o conceito desta organização que dá suporte a empreendedores e empresas, não só fornecendo espaços de trabalho, no coração da cidade, mas também acesso a mentores, parceiros estratégicos, rede de contatos, entre outros. 

Depois desta visita, os alunos tiveram a oportunidade de almoçar e conhecer um dos espaços mais dinâmicos e criativos da cidade de Lisboa, a Lx Factory. 

Da parte da tarde, os jovens empreendedores foram conhecer o Impact Hub Lisboa, onde Francescco Rocca, empreendedor social, lhes proporcionou uma descontraída visita ao espaço e apresentou a rede Impact Hub, a  maior rede de empreendedorismo de impacto e inovação social a nível nacional e internacional. Aqui os jovens tiveram ainda a oportunidade de conhecer um conjunto de negócios e empreendedores sociais apoiados por esta incubadora, assim como partilhar eles próprios os projetos com alguns empreendedores incubados no IH Lisboa. 

Por fim, os alunos que participaram na iniciativa conheceram ainda o espaço criativo Village Underground Lisboa, tendo realizado uma visita guiada por Matheus Miranda. Este, explicou o conceito do espaço e o tipo de iniciativa que promovem no mesmo. A Villagege Underground Lisboa é uma incubadora  mais virada para as artes e eventos criativos, um local único, quer pelo ambiente que se respira quer pela própria estrutura do espaço, sítio onde se pode almoçar num autocarro, adaptado ao conceito de café, ou ter uma reunião num contentor industrial. 

E assim foi passado um dia com os Jovens Empreendedores vencedores da iniciativa. Um dia de muitas descobertas e contactos que certamente contribuiu para incentivar estes jovens a não perderam esta atitude empreendedora! 

Este programa encontra-se integrado num plano mais alargado de promoção do empreendedorismo social que a Fundação Eugénio de Almeida tem vindo a desenvolver, e é financiado pelo Programa CLDS VIDAS ATIVAS 3G no qual a Fundação é Entidade Executora para os eixos 1 e 3. 

Partilhar conteúdo: