Programação Online

 
CIS ONLINE TALKS
26 de maio | 17H00 

COM MARIA JOÃO JACINTO, Diretora Executiva da Patient Innovation
 
A próxima convidada das CIS ONLINE TALKS é Maria João Jacinto, Diretora Executiva da Patient Innovation, uma plataforma para partilha de soluções inovadoras provenientes de cidadãos que já conta com mais de 1050 novas respostas para diversos problemas na àrea da saúde.
 
Nesta conversa, moderada por Henrique Sim-Sim, Coordenador da Área social e de Desenvolvimento da Fundação Eugénio de Almeida, Maria João Jacinto irá apresentar a Patient Innovation, as soluções que utilizam tecnologia para que pacientes e cuidadores possam fazer a diferença numa comunidade orientada para a solução de problemas e dar a sua opinião sobre temas relacionados com inovação social.
 
Dia 26 de maio, a partir das 17h00, assista a esta sessão CIS ONLINE TALKS através do canal de facebook da Área Social da Fundação Eugénio de Almeida, em https://www.facebook.com/AreaSocialFEA/
 
Esta é uma iniciativa financiada pelo POISE, Portugal 2020 e Portugal Inovação Social, através de Fundos da União Europeia e com o apoio da DECSIS, Montepio, E&Y e CIMAC.
 
OS DESAFIOS DA COMUNIDADE: OLHAR O OUTRO COM ESPERANÇA
21 de maio | 17H00

Com Francisco Lopes Figueira, Luís Oliveira Rodrigues, Nuno Rosmaninho e Tiago Abalroado. Moderação de Henrique Sim-Sim
 
Um debate online com:
- Francisco Lopes Figueira, Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Évora
- Luís Oliveira Rodrigues, Presidente da Cáritas Diocesana de Évora
- Nuno Rosmaninho, Delegado Regional da Cruz Vermelha Portuguesa
- Tiago Abalroado, Presidente da Unitate
 
A moderação é de Henrique Sim-Sim, Coordenador da Área Social e de Desenvolvimento da Fundação Eugénio de Almeida.
 
Transmissão em direto através do canal de facebook da Área Social da Fundação Eugénio de Almeida em https://www.facebook.com/AreaSocialFEA/
 
CIS ONLINE TALKS
19 de maio | 17H00

Com Paulo Nunes, CEO da Two Impulse

O Centro de Inovação Social da Fundação Eugénio de Almeida dá continuidade à iniciativa CIS ONLINE TALKS e convida Paulo Nunes, CEO da Two Impulse, uma start-up luso-alemã que desenvolve soluções de Artificial Inteligence, Conversational Inteligence e Customer Service Messaging. A ROBO.AI respondeu ao desafio colocado pela atual pandemia do COVID-19 e desenvolveu um chatbot para oferecer aos cidadãos europeus informação confiável e atualizada, respondendo a questões específicas.

Nesta sessão, moderada por Henrique Sim-Sim, Coordenador da Área social e de Desenvolvimento da Fundação Eugénio de Almeida, Paulo Nunes irá apresentar o COSIBOT e conversar sobre as transformações a que assistimos, os principais desafios que se colocam na área da inovação digital com impacto, entre outros temas.

Dia 19 de maio, a partir das 17h00, assista a esta sessão CIS ONLINE TALKS através do canal de facebook da Área Social da Fundação Eugénio de Almeida, em https://www.facebook.com/AreaSocialFEA/
 
Esta é uma iniciativa financiada pelo POISE, Portugal 2020 e Portugal Inovação Social, através de Fundos da União Europeia e com o apoio da DECSIS, Montepio, E&Y e CIMAC.
 
14 de maio
 
No âmbito da rubrica “Makers by Powering Arts & Craft”, uma iniciativa da Fundação Eugénio de Almeida que visa dar a conhecer os artesãos que participam no Programa Powering Arts & Crafts, hoje damos a conhecer a Maria José Morais, artesã que criou a marca MZArtes.
 
A Maria José criou uma empresa que se dedica à confeção artesanal de acessórios para mulher, homem e criança, mas também de peças utilitárias recorrendo a técnicas tradicionais, mas inovando na conceção e cuidado estético. Na criação e produção das suas peças, são conjugadas diversas técnicas de costura e distintos materiais, dando origem à produção de capas para livros, estojos, bolsas e, neste momento, as tão necessárias máscaras sociais no âmbito da covid19.
 
O Programa Powering Arts & Crafts é uma iniciativa da Fundação que visa capacitar os artesãos locais para a área da inovação, qualificação e comercialização dos seus produtos, adequando aos mesmos aos mercados mais contemporâneos, contribuindo também para uma nova perceção no território sobre o papel dos artesãos e do artesanato.
 

A Fundação Eugénio de Almeida iniciou em 2017 um programa de capacitação para artesãos e produtores de base local na região de Évora com o objetivo de inovar e promover a qualificação dos seus produtos, abrindo novas oportunidades de comercialização e contribuindo para uma nova percepção no território sobre o papel dos artesãos e do artesanato.

O Programa Powering Arts & Crafts nasceu do olhar atento da Fundação Eugénio de Almeida sobre o território, compreendendo que hoje a região tem um novo perfil de habitante e de visitante, mais jovem, mais contemporâneo, que busca no artesanato não um objeto utilitário ou decorativo, mas simultaneamente que cumpra estas duas funções, que seja distintivo de outros objetos de outras realidades territoriais e que represente qualidade, criatividade e inovação.

Com o objetivo de dar a conhecer à comunidade estes artesãos e os seus trabalhos, a Fundação tem vindo a realizar um conjunto de breves entrevistas onde se procura conhecer o que motivou a ser artesão, o seu projeto, o seu trabalho.

Hoje damos a conhecer a Ana Figueiredo,  fundadora da marca 2KeepU, uma marca personalizada de artesanato que passa pela encadernação, pela estampagem, pequenos objetos decorativos e utilitários. Ora espreite!
 
 
A Fundação Eugénio de Almeida, no âmbito do seu Programa de Empreendedorismo e Inovação Social, tem vindo, nos últimos anos, a promover um conjunto de iniciativas formativas e informativas sobre Empreendedorismo. Como resultado da criatividade, inovação e competência de vários empreendedores, e com o apoio da Fundação, vários são os projetos que têm vindo a ser desenvolvidos na nossa comunidade, e que já estão a criar impacto social positivo junto de diversos públicos.
 
Com o objetivo de dar a conhecer à comunidade e estes projetos e o seu impacto, a Fundação tem vindo a realizar um conjunto de breves entrevistas, que pode consultar neste link.
 
28 de abril
 
A Fundação Eugénio de Almeida promove, através do seu Programa de Voluntariado, um ciclo de webinars sobre Voluntariado em Tempos de covid19, onde a cada semana é possível aprender e saber mais sobre voluntariado, descobrir projetos, conhecer ferramentas, saber como praticar voluntariado e manter-se protegido neste período de pandemia de covid-19, implementar novos projetos de voluntariado, conhecer e saber como apoiar aqueles que estão mais vulneráveis, no luto ou sozinhos e isolados em casa.
 
Dia 30 de Abril, o segundo Webinar deste ciclo será focado no “Enquadramento de Voluntários”, dirigido a técnicos de organizações e coordenadores de voluntariado, abordando temas como procedimentos, legislação, boas práticas no enquadramento formal de voluntários numa organização promotora de voluntariado.
 
O webinar é gratuito, conferindo acesso a conteúdos digitais e declaração de participação.
 
A inscrição é obrigatória, até 2 dias antes, neste LINK
 
Informações:
E-mail: bancodevoluntariado@fea.pt
Tel: 266 748 300
 

Caderno de Voluntariado n.º 2: Acompanhamento na Ação, a figura do animador ou animadora do voluntariado

23 de Abril

Como animar um grupo de voluntários? Como manter o grupo motivado ? Como acompanhar a prática de voluntariado?
Estas são algumas das dúvidas que os técnicos que acompanham projetos de voluntariado têm no seu dia a dia, entre muitas outras.
 
Para ajudar a responder a estas e outras questões, a Fundação Eugénio de Almeida editou em Portugal os Cadernos de Voluntariado, uma publicação original da Plataforma de Voluntariado de Espanha que aborda de forma teórica, técnica e didática um conjunto de temas importantes na gestão de voluntários.
 
O Caderno que hoje sugerimos - Acompanhamento na Ação, a figura do animador ou animadora do voluntariado -, apresenta recomendações para um adequado acompanhamento personalizado, proporcionando aos voluntários uma real oportunidade para tornar real a participação e o exercício da cidadania.
 

21 de abril

O Programa de Voluntariado da Fundação Eugénio de Almeida sempre se tem preocupado com a inclusão de todos em atividades voluntárias, de acordo com as suas competências e motivações.

Em 2015, a Fundação traduziu e editou em Portugal o manual Voluntariado Inclusivo, uma publicação que resulta de um projeto europeu e que visa ser um instrumento útil para a apoiar os técnicos no acolhimento e integração de pessoas com distintos grupos sociais.

A primeira parte da publicação abordar os aspetos gerais do voluntariado inclusivo. A segunda parte, inclui orientações para coordenadores de voluntariado sobre a forma de trabalhar com diversos grupos - pessoas com deficiência auditiva, deficiência visual, deficiência física, pessoas com problemas de saúde mental, idosos, migrantes, desempregados de longa duração, ex-reclusos e pessoas sem abrigo.

Numa época tão desafiante com a atual, este será sem dúvida um bom momento para incluir novas pessoas no seu projeto de voluntariado.
 
Programa de Comunicação e Liderança para Jovens | Sofia Santos | Vai ficar tudo bem!
16 de Abril de 2020
 
O Centro de Inovação Social da Fundação Eugénio de Almeida promoveu o Programa de Comunicação e Liderança para Jovens – Nível 2, tendo-se iniciado em Fevereiro, mas tendo sido interrompido em Março 2020 devido à pandemia Covid19. Para concluir o Programa, os jovens participantes foram desafiados a elaborar um breve vídeo sobre o tema “Vai ficar tudo bem!”, colocando em prática as competências adquiridas ao longo das sessões realizadas e transmitindo uma mensagem de esperança para a comunidade.
 
Este é o primeiro vídeo, da autoria de Sofia Santos, estudante de 14 anos, faz parte de um conjunto de 12 outros vídeos que serão divulgados na página da Área Social e de Desenvolvimento.
 
O Programa de Comunicação e Liderança (Nivel2) é financiado pela Portugal Inovação Social / POISE, CIMAC, E&Y, Montepio e DECSIS.
 

Voluntariado em Portugal: contextos, atores e práticas 
14 de abril de 2020

Em Portugal, o reconhecimento da importância de um Voluntariado qualificado tem vindo a crescer, sendo já significativo o número de instituições que, por todo o país, investem na valorização e qualificação dos voluntários, de forma integrada, continuada e consequente. Entre elas se encontra a Fundação Eugénio de Almeida, cujo Projeto de Voluntariado constitui um dos pilares centrais da sua atuação no campo social.

Perante a escassez de publicações sobre Voluntariado em Portugal, quer teóricas quer empíricas, a Fundação Eugénio de Almeida desenvolveu, entre 2011 e 2012, a realização de um estudo sobre o Voluntariado em Portugal. Este trabalho de investigação, elaborado pelo CES – Centro de Estudos da Universidade de Coimbra, é hoje ainda uma referência no contexto nacional.

Ação de Voluntariado na Associação dos Amigos de São Manços

9 de abril de 2020
 
A ligação da Fundação Eugénio de Almeida à aldeia de São Manços é já longa e data dos anos 50/60, época em que Vasco Maria Eugénio de Almeida, instituidor da Fundação Eugénio de Almeida, apoiou em diversos domínios esta comunidade.
 
Neste tempo, Vasco Maria Eugénio de Almeida fez várias doações lotes para a instalação de organizações sociais, entre as quais esta Associação dos Amigos de São Maços, mas também foram doados terrenos para construção de habitação própria e foi apoiada a instalação da luz elétrica naquela aldeia.
 
Vasco Maria Eugénio de Almeida desenvolveu ainda uma iniciativa socialmente inovadora ao repartir a Herdade do Álamo da Horta em 150 parcelas as quais cedeu a sua exploração a trabalhadores rurais, contribuindo para o desenvolvimento do seu projeto de vida com autonomia económica e social. Atualmente, ainda muitos dos trabalhadores da Fundação Eugénio de Almeida são provenientes de São Manços.
 
Foi por isso com redobrado entusiasmo e sentimento de compromisso que no dia 13 de Junho de 2019, 50 voluntários da Fundação Eugénio de Almeida colocaram mãos à obra para pintar os espaços exteriores da Associação os Amigos de São Manços, uma organização sem fins lucrativos que presta apoio a idosos naquela freguesia do concelho de Évora.
 
Reveja as imagens desta intervenção de voluntariado.
 
“Todos somos responsáveis por todos” Elza Chambel (1936-2015)
7 de abril 2020
 
Num tempo tão desafiante como o presente, o Voluntariado assume um papel relevante no apoio às pessoas, às organizações, à comunidade.
 
Hoje recordamos Elza Chambel, uma mulher inspiradora na área do voluntariado, da segurança social e no apoio ao próximo. Elza Chambel teve um contributo fundamental em Portugal para o fortalecimento e desenvolvimento de uma cultura de voluntariado assente na qualificação, no compromisso, na solidariedade e no humanismo.
 
Falecida em 2015, Elza Chambel foi Presidente do Conselho Nacional para a Promoção do Voluntariado entre 2006 e 2015.
 
A Fundação Eugénio de Almeida, considerando o seu relevante trabalho de promoção do Voluntariado, prestou público reconhecimento a Elza Chambel por ocasião da edição de 2018 da Escola de Verão de Voluntariado da FEA.
 
Porque, como disse Elza Chambel um dia, “todos somos responsáveis por todos”.
 

Curso de Empreendedorismo 2015 
2 de abril 2020

Recordamos um dos primeiros Cursos de Empreendedorismo da Fundação Eugénio de Almeida, em 2015, no qual participaram alguns empreendedores que deram origem a vários projetos que hoje conhecemos em Évora ou na reigão, tais como a Talego Design, a Loom, a MindTrain ou KitchenFit.
 
A Fundação Eugénio de Almeida promove, através do seu Centro de Inovação Social, iniciativas de capacitação, inspiração, ideação, aceleração e incubação de projetos de empreendedorismo, apoiando pessoas e instituições da nossa comunidade a encontrar novas respostas paras as necessidades e problemas sociais, valorizando o conhecimento, a inovação e a criatividade, o trabalho em rede e a procura de criar impacto social positivo.
 

Partilhar conteúdo: