Fundação Eugénio de Almeida premiada pela Officebox do Voluntariado

12-12-2008

O Prémio foi entregue pelo Comissário Europeu para o Emprego, Assuntos Sociais e Igualdade de Oportunidades, Vladimir Spidla, numa cerimónia realizada no dia 12 de Dezembro, em Lisboa, no âmbito do Encontro Powering a New Future - Projectar um Novo Futuro. Este encontro marcou o encerramento do Equal a nível europeu com o balanço de oito anos de actuação e a apresentação dos projectos mais interessantes e inovadores de cada Estado-Membro.

 

A Officebox do Voluntariado, escolhida de entre os projectos realizados a nível nacional, é um instrumento pioneiro para a gestão e animação de Voluntariado de Proximidade, constituindo um guia metodológico único no contexto nacional.

 

Este produto, em formato Cd-rom, destina-se às organizações públicas e privadas, sem fins lucrativos, que pretendam criar Núcleos de Voluntariado de Proximidade, promovendo assim um conjunto de respostas sociais complementares aos serviços técnicos e profissionais que prestam a uma comunidade. A Fundação Eugénio de Almeida disponibiliza-o de forma inteiramente gratuita às instituições que o solicitem, registando já um elevado número de pedidos de todos os pontos do país.

 

A Officebox do Voluntariado foi concebida no âmbito do projecto Orientar, Servir e Apoiar, liderado pela Fundação Eugénio de Almeida e desenvolvido em parceria com a Cáritas Diocesana de Évora, a Obra de São José Operário, o Núcleo Empresarial da Região de Évora e a Beira Serra – Associação de Desenvolvimento Local.

 

O Prémio agora atribuído reconhece e prestigia o trabalho que a Fundação Eugénio de Almeida tem vindo a realizar, desde 2001, no campo da promoção de uma cultura de voluntariado assente nos valores da cidadania activa e solidária. A valorização e qualificação do Voluntariado são as “pedras de toque” desta aposta, que inclui um programa integrado de acções de sensibilização dos cidadãos e das instituições, a formação de voluntários, e também das instituições para concepção e gestão de projectos de voluntariado, e, ainda, um Banco de Voluntariado. Este funciona como mediador activo entre voluntários e organizações, animando também uma rede de informação e conhecimento como mais uma forma de potenciar os impactos positivos da acção voluntária na comunidade.

Partilhar conteúdo: